quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

10 alimentos mais prejudiciais ao corpo humano





No meio da correria atual, algumas vezes nos alimentamos mal sem perceber. Pulamos refeições, visitamos os “fast-foods” e cada vez mais prejudicamos nossa saúde. Navegando por aí, descobri a lista dos dez alimentos mais nocivos à saúde humana.




10º – Sorvete.

Concentra um alto nível de açúcar e gordura trans, além de corantes e substâncias artificiais que possuem neuro toxinas – substâncias químicas que causam problemas cerebrais e no sistema nervoso – apesar de existirem versões mais sadias do produto.

9º – Salgadinho de milho.

Com o surgimento dos alimentos transgênicos, a maioria dos alimentos feitos com milho que comemos são “Frankenfood” mais conhecido como “Comida Frankstein”. Eles indicam que o alimento pode causar flutuação dos níveis de açúcar sanguíneos. O que acarreta o ganho de peso e mudanças de humor. Sem falar que a maioria desses salgadinhos são fritos com óleo que envelhece e está unido a inflamações.

8º – Pizza.

As mais prejudiciais são aquelas vendidas congeladas em supermercados, cheias de conservantes e condicionadores de massas artificiais. São fabricadas com farinha branca, essas pizzas são digeridas por nosso organismo e transformadas em puro açúcar. Elas são culpadas pelo aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose sanguíneos.

7º – Batatas fritas.

Não possui só gordura trans, que já foram culpadas por uma longa lista de doenças, mas também uma das maiores substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que forma-se quando as batatas são aquecidas em temperaturas elevadas.

O óleo torna-se rançoso, isto é, envelhece com o contato do oxigênio ou em temperaturas altas, o que pode formar inflamações no corpo e causar problemas cardíacos.

6º – Salgadinhos de batata.

Causam os mesmos danos da batata frita e não produzem nenhum benefício alimentar, esses salgadinhos concentram um nível ainda maior de acrilamida, substância cancerígena.

5º – Bacon.

Carnes processadas como o bacon, podem aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e diabetes em 19%. A Universidade de Columbia, nos EUA, descobriu que comer 14 porções de bacon por mês pode aumentar o risco de doenças pulmonares e danificar a sua funcionalidade.

4º – Cachorro-quente.

A Universidade do Havaí, nos Estados Unidos, mostrou que o consumo de cachorros-quentes e carnes processadas pode elevar o risco de câncer no pâncreas em 67%. Uma substância encontrada tanto no cachorro quente quanto no bacon, chamada de nitrito de sódio, uma substância cancerígena e relacionada a doenças como: leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebês. Também foi apontado por outro estudo, que a substância pode causar câncer colorretal.

3º – Donuts (rosquinhas fritas).

Gordura trans são 35% a 40% da composição de donuts, a gordura mais nociva que podemos ingerir. Ela está relacionada a câncer, também doenças cardíacas e cerebrais. Acrescentando que esses alimentos são repletos de açúcar, aditivos alimentares e possui, mais ou menos, 300 calorias cada.

2º – Refrigerante.

De acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína. Também está repleta de corantes sintéticos e sulfitos. Sem contar que a bebida é altamente ácida, necessitando de 30 copos de água para extinguir essa acidez, que pode ser prejudicial aos rins.

Nossos ossos acumulam minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para amenizar essa acidez causada pelos refrigerantes. O que pode causar o enfraquecimento dos ossos e acarretar problemas como: Osteoporose, cáries e também doenças cardíacas.

1º – Refrigerante Diet.

O alimento mais prejudicial dos últimos tempos. Assim sintetizamos os danos do refrigerante diet. Conta com todos os problemas dos refrigerantes normais e, além disso, possui aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, o aspartame está relacionado a uma série de doenças, como ataques de ansiedade, defeitos de nascimento, depressão, tonturas, epilepsia, perda auditiva, vírus de Epstein-Barr, síndrome de Lyme, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.

Todos nós ingerimos estes alimentos quase diariamente e não podemos negar o quanto são gostosos. A dica é ingerir com cuidado, moderadamente e substituí-los por produtos mais saudáveis e assim prolongar a saúde do nosso corpo e mente.



Fonte: Coletivo Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário