terça-feira, 9 de outubro de 2012

Coxinha de galinha com massa de batatas e farinha de mandioca ( sem glúten )


Coxinha de galinha com massa de batatas e farinha de mandioca ( sem glúten )





Massa
1 kg de batata espremida (cozida com casca, descascada e espremida para dar 1 kg)
Meio quilo de farinha de mandioca artesanal (branquinha, rica em amido, não dessas tipo torradas vendidas em supermercados)
Sal a gosto
Bastante óleo para fritar
Recheio
2 colheres (sopa) de banha de porco
1 dente de alho amassado
1 cebola grande finamente picada
1 colher (chá) de colorau
500 g de carne de frango cozido e desfiado (cozinhei 1 peito de frango grande com osso, com cerca de 700 g em água temperada com sal, sementes de urucum, grãos de coentro, pedaços de salsa, folhas de alfavaca e grãos de pimenta-do-reino; coei, desengordurei e guardei caldo e gordura)
Um pouco do caldo do frango ou água
Sal, pimenta a gosto
1/2 xícara de salsinha picada

Massa: misture numa tigela o purê de batata já frio (as batatas foram espremidas quentes para ficar lisinho o purê) com a farinha de mandioca. Junte o sal e misture. No começo fica meio grudenta, mas, se embalar em plástico de deixar algumas horas na geladeira, fica perfeita, com consistência de massa de modelar. E se começar a grudar, é só umedecer a mão com água. Separe em 40 bolinhas com peso entre 37 e 40 gramas (faça rolinhos com 4 centímetros de diâmetro e corte fatias com cerca de 2,5 centímetros - deve dar mais ou menos o peso de 40 g).

Recheio: aqueça a banha de porco (ou azeite, se preferir) e doure nela o alho. Junte a cebola e deixe murchar. Adicione o colorau e o frango desfiado. Umedeça com um pouco do caldo em que o frango foi cozido, junte sal se precisar e pimenta-do-reino. Quando estiver bem sequinho, desligue o fogo e junte a salsinha.

Montagem e fritura: faça uma concavidade na bolinha de massa e coloque dentro 2 colheres (chá) ou cerca de 15 gramas de recheio. Feche a borda afunilando a ponta. Aqueça bastante óleo (para fritura em imersão) até 180 ºC. Frite de 3 a 4 por vez (se estiver usando 2 xícaras de óleo numa panela média, por exemplo - o que não pode é abaixar muito a temperatura do óleo). Vá virando até que fiquem douradas. Escorra em papel absorvente e sirva. Com uma gotinha de pimenta e uma cerveja (sem glúten) bem gelada, por favor. E nhac.

Fonte: Neide Rigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário